“Passeio” é um projeto desenvolvido em 2020 durante o isolamento imposto pela pandemia de Covid-19. O trabalho, feito a partir de fotografia e colagem, mostra o entrelaçamento da casa da artista com seu próprio corpo quando, devido ao confinamento, quase se tornam uma coisa só.  Qual o limite? Qual a fronteira entre corpo e território? O que podemos ver através deles? As fissuras no espaço que já pede por manutenção acabam se tornando fendas para o exterior, janelas para o interior. Junto com as rachaduras surgem questionamentos: será que precisamos preencher todos os vazios?